À medida que a tecnologia de inteligência artificial (IA) avança, também avança nossa capacidade de criar bots que possam replicar a conversa humana. De fato, muitos especialistas acreditam que estamos agora no topo da revolução dos bots. Esta é uma ótima notícia tanto para as empresas quanto para os consumidores, pois a qualidade e a experiência com os bots continua melhorando.

Como resultado, podemos esperar ver mais uso de bots nos próximos anos. Graças a este progresso tecnológico, em breve teremos ainda mais oportunidades de usar estes bots para uma variedade de tarefas.

É por isso que nós da Alloxentric acreditamos que as seis previsões a seguir serão verdadeiras num futuro próximo:

 

  1. Maior propensão para usar bots de voz com melhorias na qualidade e no sentimento transmitido pelas vozes geradas.

Uma das principais razões para a popularidade dos bots de conversação é o avanço no processamento da linguagem natural e da inteligência artificial. À luz desses avanços, a taxa de adoção de bots como um todo pode continuar a aumentar. Os bots podem agora transmitir emoções de forma mais eficaz ou aprender informações de forma mais adequada em qualquer situação, graças aos avanços no processamento da linguagem natural e da inteligência artificial. Os bots de voz continuarão inovando e melhorando devido às muitas vantagens que oferecem sobre as interfaces de usuário tradicionais, incluindo maior precisão, menos entrada manual do cliente e facilidade de uso em múltiplas plataformas. Conseqüentemente, isto resulta em maior satisfação do cliente, pois é possível uma maior empatia durante estas interações.

 

  1. Maior utilização de ferramentas analíticas para entender o que os clientes e usuários estão dizendo nas diferentes redes e canais de comunicação da empresa.

A utilização de ferramentas analíticas continuará ganhando espaço em muitas empresas, para aprender como seus bots e agentes interagem com os clientes e melhorar o relacionamento com eles. Essas ferramentas monitoram não apenas métricas quantitativas como taxas de salto, taxas de conversão e taxas de retenção, mas também indicadores qualitativos como a compreensão do usuário e as comunicações humano-bot. As empresas podem tomar decisões mais pertinentes, analisar a interação do cliente com bots e agentes, e identificar áreas para melhoria utilizando ferramentas analíticas. Essas métricas são úteis não apenas para analisar o desempenho do bot, mas também para melhorar a experiência do cliente e as estratégias de marketing.

 

  1. Aumento de modelos de compreensão linguística como GPT-3 e Megatron Turing.

Em algoritmos tradicionais de geração de texto, as narrativas escritas por humanos podem ser programadas para gerar texto artificialmente inteligente que exibe muitas das qualidades da escrita humana. Entretanto, a nova geração de modelos, tais como GPT-3 e Megatron Turing, pode se treinar a partir do conteúdo que encontram on-line e gerar conteúdo original de maneira muito mais eficiente do que os humanos. Portanto, é provável que vejamos um aumento nas empresas que implementam esses modelos sofisticados na criação de seus bots para que possam desenvolver conteúdo e compreender a linguagem de forma mais eficaz.

 

  1. Desenvolvimento de placas mais potentes para treinamento de modelos de IA, com um aumento significativo na memória.

A memória é agora um dos problemas mais difíceis nas redes neurais profundas (DNNs). Para treinamento, essas redes requerem grandes unidades de processamento gráfico e CPUs com um equilíbrio superior entre memória e procesador. À medida que o treinamento se torna mais complexo, placas gráficas de maior capacidade podem ser necessárias para um desempenho eficiente. Haverá avanços significativos na performance das placas gráficas, que serão mais eficientes do que as CPUs e GPUs de hoje. Por exemplo, a IPU de aprendizagem da máquina Graphcore oferece um melhor equilíbrio entre memória e os cálculos no chip, resultando em aumentos impressionantes na eficiência do desempenho em comparação com as CPUs/GPUs de hoje. Isso sugere que serão necessárias placas gráficas maiores no futuro.

 

  1. Consolidação de canais de texto como Discord e Signal, com penetração crescente em segmentos jovens.

Apesar de seu sucesso, a WhatsApp continuará perdendo usuários para os canais de mensagens de texto concorrentes, tais como Discord ou Signal, que são alternativas populares ao aplicativo. Devido à falta de segurança do WhatsApp, muitas pessoas mudaram para essas alternativas e continuaremos vendo um declínio significativo no uso. Além disso, esses novos canais de texto oferecem uma gama mais ampla de métodos para interagir com outras comunidades e proporcionam um nível de privacidade maior do que o que o WhatsApp oferece atualmente. O Discord, por exemplo, é ideal para jogadores que querem se conectar com grupos que pensam da mesma forma, enquanto o Signal tem características superiores de privacidade, como criptografia de ponta a ponta e menos coleta de dados do usuário.

 

  1. Aumento da busca de soluções por parte dos clientes nas comunidades de usuários de produtos.

Os fóruns on-line continuarão ganhando popularidade e contribuirão para uma mudança dos canais tradicionais de atendimento ao cliente para os usuários que buscam soluções. Veremos empresas que anteriormente não utilizavam fóruns de clientes em seus métodos de suporte ao cliente começarem a cultivá-los e utilizá-los; alternativamente, eles serão uma maneira fácil e econômica para as empresas apoiarem seus produtos e serviços.

 

Podemos ter certeza de que o futuro trará muitos avanços em tecnologia. Como resultado, em breve teremos mais oportunidades de usar esses bots para várias tarefas. Se você está considerando implementar o uso de bots em sua empresa, nossa equipe na Alloxentric tem experiência em projetar e desenvolver soluções para muitos setores – entre em contato conosco hoje!

Licencia Creative Commons Esta obra se encontra sob uma licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Alloxentric usa cookies para melhorar a experiência dos usuários. Ao continuar usando este site, você aceita o uso de nossas cookies. Veja nossa Política de Privacidade de Cookies para saber mais.

ACEITAR
Aviso de cookies
error: Contenido protegido